Terapia Ocupacional

A Terapia Ocupacional é uma área da Saúde, tendo como principal foco a capacitação da pessoa para a participação nas atividades da vida diária, promovendo assim o seu bem-estar, autonomia e independência. O Terapeuta Ocupacional é responsável por avaliar, através da elaboração do perfil ocupacional (entrevista) e análise de desempenho ocupacional (instrumentos de avaliação), permitindo identificar especificamente as características, problemas ou potenciais problemas do cliente.O Terapeuta Ocupacional contribuirá sempre que necessário, para a adaptação do meio (no domicilio) e de produtos de apoio (talas, talheres adaptados, utensílios diários, sistemas de posicionamento, entre outros), de modo a capacitar a criança, jovem ou adulto para um desempenho autónomo das suas funções e, assim proporcionar qualidade de vida. Deste modo, o Terapeuta Ocupacional baseia-se nas atividades significativas para a pessoa (p. ex.: comer, vestir, tomar banho, brincar, ir às compras, etc.) para realizar a sua intervenção, promovendo o seu envolvimento nas mesmas e na sociedade, adaptando as atividades e/ou o ambiente, de modo a melhorar o seu desempenho ocupacional.

Em casos pediátricos, o Terapeuta Ocupacional exerce a sua abordagem através do brincar, uma vez que este é a atividade mais significativa para as crianças.

O Terapeuta Ocupacional pode ajudar crianças e jovens com:

  • Dificuldades na Socialização;
  • Dificuldades de Aprendizagem;
  • Atraso de Desenvolvimento;
  • Défice de Atenção e Hiperatividade;
  • Disfunção em Integração Sensorial (intolerância ou excessiva procura de ruídos, luzes, texturas, movimentos – andar de baloiço, trepar, etc.);
  • Síndromes (Down, Rett, etc.);
  • Lesões Cerebrais (Paralisia Cerebral, Traumatismo Crânio-Encefálico, etc.);
  • Deficiência Mental.

Relativamente aos Adultos e Idosos, o Terapeuta Ocupacional incide a sua abordagem sobretudo nas atividades de vida diária (p.ex.: banho, comer, vestir, pentear, etc.), atividades de vida diária instrumentais (p.ex.: confecionar uma refeição, ir às compras, etc.), atividades relativas ao trabalho e atividades de lazer.

O Terapeuta Ocupacional pode ajudar Adultos/Idosos com:

  • Acidente Vascular Cerebral (AVC);
  • Traumatismo Crânio-Encefálico (TCE);
  • Amputação;
  • Esclerose Lateral Amiotrófica;
  • Esclerose Múltipla;
  • Doença de Alzheimer;
  • Doença de Parkinson.